Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

"Postagenzinha qualquer"

“Eta, vida besta, meu Deus!” Um poeminha pensando em Drummond
Mão-de-obra Pé-de-valsa João-sem-braço Maria-vai-com-as-outras João-ninguém Samba-do-crioulo-doido Corpo-mole Minha vida hifenada a tua Minha vida substantivada Ali vai Raimundo que amava ninguém Raimundo que faz corpo-mole                 Quando vê a hora de dançar o samba-do-crioulo-doido Raimundo João-ninguém que é só mão-de-obra rasa Raimundo, dançarino pé-de-valsa que vai com a Maria-vai-com-as-outras Vai, Raimundo, ser gauche na vida Vai ser tudo, Raimundo Vai ser rima, vai sem rumo Vai amar Teresa nenhuma Lá vai Raimundo, sem ser rima, nem solução. Lá vai Raimundo Lá vai Drummond
Lá vou eu, sem rima no coração.
Sibéria de Menezes