Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

Feliz aniversário, Marina

“Mamãe, olhas!”. Com essas palavras Marina me mostra o mundo ao meu redor, ao nosso redor. Um simples “olha”, para apontar as árvores, as pedras, os montes e os pássaros seria pouco, por isso, prefere dar ao olha um s final, como um plural, e me diz, muitas vezes: “Mamãe, olhas!”. E num instante, o cobertor que estava sobre tudo se desfaz e as cores vêm, junto a todos os outros sentidos: ouço tudo..., vejo tudo, sinto tudo. O sentido é outro. Eu sou outra. Eu sou mãe dessa pequena. Coragem em miniatura pra compensar o corpo pequeno... ou seria o contrário? Um corpo pequeno pra disfarçar a braveza marinha, como seu nome?
Mas hoje não quero saber, ou pelo menos não quero saber que sei. Quero sentir, que é a melhor forma de saber de alguma coisa. Quero sentir teus dois aninhos, que cabem nas pontas dos teus pequeninos dedos, querendo me apontar quanto já tens, sem ainda saber o que significa isto, forma mais linda de saber. Quero sentir que tocas meu mundo apontando o indi…