Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

Minha desordem mental

Minha cabeça não é muito boa. Ela me engana a qualquer deslize, a qualquer tempo em que preciso de juízo. Minha cabeça me faz passar vexames por não dar conta de que dia ou hora é hoje ou ontem ou amanhã. Ela não está preparada, e talvez nunca estará, para a vida prática, de ajuntamentos de informações e dados ou datas, sempre elas, as datas... a se desencontrar de mim. Nela, na minha cabeça, esqueci (ou esqueceram, não sei) de marcar os dias das coisas e, assim, me esforço quase heroicamente para responder que dia é hoje? Quando é tal dia? Quando foi o último feriado? Quando... quando... quando... é tanto quando interrogado na minha vida, que me dá uma agonia. Eu vivo num branco, aonde minha cabeça me levou e leva. Sem saber me preocupar que dia será o fim do mês, do gás, da luz, da água ou do telefone. Sou uma irresponsável sem causa e sem chance de cura, mas com sofrimento. Eu sofro quando a enxurrada me atinge em cheio, impiedosa vida que me cobra o que minha mente não alcança. M…

EU

Por Sibéria de Menezes Carvalho


Eu ante
Eu após
Eu até
Eu com
Eu contra
Eu de
Eu desde
Eu em
Eu entre
Eu para
Eu perante
Eu por
Eu sem
Eu sob
Eu sobre
Eu trás
Eu afora
Eu menos
Eu conforme
Eu exceto
Eu como
Eu que tenho me preposicionado
Eu que tenho me subjugado
Eu que... não sou só eu
Eu que..não sou só você
Eu que... procuro um sentido para ser eu
Ou outra
Eu negativa
ou eu louca
ou ou ou ou
Eu assim
Eu adiante
Eu daquele
Eu daquilo
Eu de mim
Eu eu eu
Eu retumbante
que deveria ser primeira pessoa
Mas não sou
E sou
Eu tu
Eu ele
Eu nós
Eu vós
Eu eles
Eu todos
Eu todas
Eu ninguém
Nem do singular
Nem do plural
Nem aqui
nem agora
nem depois
nem antes
Eu... reticente...